Jesus não é o Gênio da lâmpada


Por: Aline Barcellos|

Quão sinceras nossas orações tem sido? Sabemos que Deus está sempre pronto a nos escutar e conceder a nossa petição, mas quando vamos a Deus, nossas orações parecem listas de compras, e quando o presente chega, damos no mínimo um obrigado e lá vamos nós, nos distanciando novamente.

Somos como aquelas crianças que quando os pais lhes dão algum presente, diz "obrigado" e logo vão brincar... E se afastam do Pai por já terem recebido o que queriam e por querer ir brincar com o brinquedo novo.

Será que nossas orações têm sido listas de compras ou estão sendo Relacionamento de Pai e filho? 
Jesus não é o gênio da lâmpada. Ele não é aquele que vem somente para nos ajudar e para nos presentear.


Jesus é uma Pessoa, é um Ser que foge da nossa explicação. Mas sem relacionamento, como O conheceremos?

Não se vai à Casa de alguém sem antes ter sido conhecido, então não dá para ir ao Céu, sem antes que o Céu conheça você. 

Que nossas orações não sejam uma lista detalhada do que queremos, mas que seja Relacionamento com Deus, Ele já fez tanto por nós, e mesmo que muitas vezes sejamos ingratos, ainda assim Ele vem com Sua Graça e Misericórdia, e nos concede a vida.

 Ah, Deus é justo, mas ainda bem que a Sua justiça anda acompanhado de Sua misericórdia, para que entendamos que não é mérito nosso, é mérito de Jesus. Não é sobre o que fizemos, é sobre o que Ele já fez. 

Que as nossas orações sejam cartas de gratidão, que o nosso coração seja grato por tudo aquilo que Jesus já fez e continua fazendo. Sejamos gratos por ter Jesus. Ele sabe o que está fazendo, descanse nEle e  cultive seu Relacionamento com Ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sites da rede