Processos



Por: Mônica Kmieczik |

Ouvi dizer que vivemos altos e baixos, acredito que seja uma analogia sobre momentos bons e momentos difíceis. Se refletirmos esses momentos fizeram com que mudássemos de alguma forma, hoje quando me olho não sou a mesma de 10 anos atrás. Meus pensamentos mudaram, alguns gostos e preferências mudaram também. E isso é normal!

A vida é feita de processos, e precisamos vive-los. Não podemos pular esses processos, até porque é durante eles que nos moldamos. O que temos que cuidar é a forma que encaramos esses processos. Vou usar um exemplo bem conhecido; a passagem de Israel pelo deserto que durou 40 anos devido a reclamação. Enquanto haviam vários motivos para agradecer, a visão era voltada para as coisas ruins. Mas será mesmo que eram ruins? 

Em Salmos 95 nos versículos 9, 10 e 11 vemos a ira de Deus por causa da ingratidão do povo, pois Ele providenciou comida, sobra em meio a tanto calor e aqueceu o povo durante o frio. Se o povo tivesse vivido o processo e não ficasse almejando sair dele, teria aproveitado as bênçãos de Deus. 

A ingratidão e a pressa, nos impede de viver o que Deus tem para nós. Qual processo você está vivendo nesse momento? Consegue visualizar as coisas boas que Deus tem te proporcionado?

 Ainda sobre o povo no deserto, não teria como chegar à terra prometida sem passar pelo deserto, é tão clichê a frase que depois da tempestade vem a bonança, mas isso é tão real. Veja o processo que a lagarta passa para virar a borboleta e poder voar, ou a semente para virar uma grande árvore, a semente precisa morrer para renascer, a lagarta precisa morrer para virar a borboleta. Muitas vezes algo precisa morrer em nós para que possamos ser transformados. Gosto muito de Eclesiastes 3 que nos ensina que a vida tem processos e tempos determinados, então se vivermos o processo e não ficar tentando pular o processo tudo se tornará mais leve, e nessa leveza conseguiremos ver o agir de Deus. 

Romanos cinco a partir do versículo três, Paulo fala sobre os benefícios do processo, e nesse exato momento Deus me lembra do processo que Jesus passou por nós, poderia descrever todo processo de vida Dele, mas vou pular para o processo da morte. Foi acusado injustamente, foi preso, apanhou por nós e foi morto por nós. Ele poderia não ter passado por tudo isso, mas Deus entende que precisamos passar pelo processo para chegarmos onde Ele almeja que estejamos. Todo processo que passamos e mesmo que em nossa percepção seja ruim, Deus está cuidando de tudo, gosto de lembrar que tudo acontece pela permissão de Deus (Jeremias 29,11 e Romanos 8,28) e também gosto de saber que sou o barro nas mãos do Oleiro (Jeremias 8, 6).

Sei o quanto é difícil viver os processos que determinamos como tempos ruins, mas nesses momentos que penso, Deus me amou tanto a ponto de morrer por mim, então mesmo em meio à dor, a insegurança que passo em tempos difíceis, Ele esta cuidando de mim e tem o melhor, tudo é passageiro! Pois as nossas aflições leves e passageiras estão produzindo para nós uma glória incomparável, de valor eterno, já fomos alertados por Paulo em II Coríntios no capitulo 4. 

Viver o processo te fará sentir o refresco da sombra durante o calor intenso do deserto, te fará saborear a comida que Deus preparou e te aquecerá no terrível frio que te gela e paralisa e trará luz sobre a escuridão das incertezas.


 


Postar um comentário

0 Comentários