Ostentação, um veneno adorado


Por: Vinicius Maciel|

Olá, trago hoje neste texto, uma reflexão sobre um tema pouco discutido, mas muito presente na vida de quase todo mundo, a Ostentação.

Ostentar significa apresentar [algo] (a outrem) de modo intencionalmente hostil; estampar, pavonear, vangloriar. Porém é interpretado como sinônimo de sucesso.
As ostentação virou a principal arma do sistema capitalista, ela é um dos combustíveis para o consumo, principalmente dos mais afortunados. De modo imaterial, ela é convertida em status, como posição na sociedade, cargo ou simplesmente conquista.
Que essas coisas existem no mundo a fora, disso todos já sabiam, mas dentro da igreja poucos estão se atentando.


Uma simples obra que fazemos, temos que dar a glória a Deus, pois a ele pertence. O reino tem uma organização decrescente, justamente para que não inflamem nos corações a vaidade.

18 Por aquele tempo, os discípulos perguntaram a Jesus qual deles seria o maior de todos no reino dos céus.2/3 Jesus chamou uma criancinha, pô­la no meio deles e disse: “Se não se mudarem totalmente a direcção das vossas vidas e se não se tornarem como criancinhas, jamais entrarão no reino dos céus. Pois aquele que se tornar pequeno e simples como esta criança será como o maior de todos no reino dos céus.

Cargos dentro da igreja não nos fazem maiores que outros, pois cada um tem em sua 'bagagem" aquilo que Deus deu para fazer. As funções se diferem mas a glória será sempre para Deus. 

"Nós estamos no mundo, mas não somos deste mundo" Mt 4:8-9. Até onde vivemos esta frase? Já parou para pensar nisso?

Ao ostentarmos algo, não atraímos admiração, mas sim a inveja, a fúria dos inimigos, ou até mesmo a vergonha. Porque Ostentar é  simplesmente se alegrar com a "pobreza" dos outros,sentir-se maior e menosprezar, tão somente aquele que fez diferente de você, e essas características não são de filhos de Deus.

Como diz o título, é um veneno que mata aos poucos e em cadeia: Primeiro alguém que ostenta, faz outra pessoa pecar, com uma inveja soberba ou com uma inveja de inferioridade, que é quando a outra pessoa sente-se fracassada por não ser igual a quem ostenta. 

E lhes digo mais: É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino dos céus”. 

A citação acima dita por Cristo em Mateus 18:19, mostra que, a ostentação não veio como algo bom a ser buscado. Ser rico não é pecado, mas está longe de ser sinônimo de sucesso.
Jesus não disse, porém, que o rico não entraria no Reino dos céus, mas que era difícil de acontecer. Ou seja, quem é rico busca acumular bens e tesouros, quem é próspero os têm, mas não se apega e ajuda a quem precisa.

Para resumir, a ostentação é o contrário do que Jesus pregou ao mundo. O Deus que desceu do céu, como humano, vivendo nos lugares humildes e com os pobres e doentes, e que foi humilhado, maltratado, morto e julgado pelas próprias pessoas que ele veio salvar.

Por isso "Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança".(Mt 5:5), pois se esvaziam do ego, e enchem-se com humildade como Jesus nos ensinou.
Fazer acepções de pessoas, por qualquer motivo ou sentir-se superior, não deve fazer parte de nossa índole. Temos que ''SER' aquilo que a palavra nos manda, pois não chega a ser um sacrifício, por que se somos filhos do amor, também somos amor e é de amor que o mundo precisa e não de ostentação.  

Política de privacidade

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site

Rede Liga Evangélica

My Instagram